Alicia Vikander Brasil
Só mais um site WordPress

A estreia do drama de época já tinha sido adiada de 15 de julho de 2016 para 24 de fevereiro de 2017.

A Weinstein Company adiou a data de lançamento de “Tulip Fever” — de novo. O drama de época estrelado por Alicia Vikander e Christoph Waltz já tinha tido sua data de estreia mudada de 15 de julho de 2016 para 24 de fevereiro de 2017. A empresa confirmou nesta segunda-feira que o filme será lançado mais tarde no ano, mas se recusou a comentar mais ou especificar quando no ano o filme pode chegar nos cinemas.

Adaptado a partir do romance de Deborah Moggach de mesmo nome, “Tulip Fever” estrela Vikander como uma jovem mulher que se apaixonada por um artista (Dane DeHaan), que foi comissionado para pintar o seu retrato. Zach Galifianakis, Judi Dench, Jack O’Connell, Holliday Grainger, Cara Delevingne e Tom Hollander co-estrelam o filme, que acontece no século XVII.

A data de lançamento do filme em outros territórios — incluindo o Reino Unido, onde o filme foi filmado — permanece desconhecida.

TWC tem um histórico com este tipo de atraso recorrente. Mais recentemente, a empresa também mudou a data de lançamento duas vezes do filme “The Founder“, a história de origem do McDonald’s estrelando Michael Keaton. O filme estava agendado para estrear no dia 25 de novembro de 2015 e depois no dia 05 de agosto de 2016, antes de finalmente chegar nos cinemas no mês passado.

A segunda data de lançamento adiada para “Tulip Fever” não devia vir como uma enorme surpresa, dada a falta de promoção em torno da estreia do filme. A conta oficial da TWC no Twitter do filme só twittou apenas três vezes, tudo isso em abril do ano passado.

TWC aparentemente realizou exibições de teste para o filme, de acordo com participantes do fórum online Awards Watch, que compartilharam seus pensamentos sobre o filme. As entradas no fórum, que variam de forte apoio a forte aversão para o filme, datam de novembro de 2014 a junho de 2015.

A decisão de empurrar “Tulip Fever” vem após um ano difícil para praticamente todos os distribuidores independentes no mercado cinematográfico, incluindo a TWC. A empresa viu seus filmes de 2016 gerar cerca de 15 milhões de dólares em bilheteria nos Estados Unidos. Seu total de 2016, incluindo receitas de anos anteriores, foi de 64 milhões de dólares. De 2010 a 2015, a empresa obteve 200 milhões de dólares todos os anos de bilheteria doméstica.

Traduzido e adaptado por: Laura Fonte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *